Igreja Batista Liberdade

Doegue ou Davi, quem é você?

lobo-ou-ovelhaTextos chave: Salmos 52 e 1º Samuel 21 e 22

Introdução: Quando lemos o salmo 52 fica claro uma terrível troca de valores. O texto nos mostra a característica de uma pessoa que: v.1 gloría-se na maldade; v. 2 faz planos de destruição e fala de maldades, v. 3 prefere o mal e a mentira, v. 4 é mentirosa (esta pessoa) e gosta de ferir os outros. Davi compôs este salmo no momento em que enfrentava a traição de Doegue. Esta traição resultou na morte de 85 pessoas da família de Aimeleque o sacerdote da cidade de Nobe (inclusive o sacerdote), e uma chacina nesta cidade… Doegue era o maioral dos pastores do rei Saul e o significado de seu nome é “tímido”.

Desenvolvimento: Quando ouvimos ontem a mensagem de nome: “restaurados para conquistar” aprendemos nesta história como Davi chegou ao “topo”; chegou a ser “cabeça” de Israel. Vimos que houve um momento em que ele precisou de uma espada, e a única que estava disponível a ele foi a espada que ele conquistou na luta contra Golias. Entenda em que momento isto aconteceu. Davi fugia de Saul, rei de Israel que queria matá-lo. Na fuga, ele (Davi) saiu sem espada, sem comida… e chegou a cidade de Nobe. Encontrando-se com o sacerdote Aimeleque, Davi mentiu (e o pai da mentira é o diabo) dizendo que o rei Saul o enviara em uma missão, e que ele havia combinado de encontrar-se com outros homens. Mentiu também para Aquis (rei de Gate, uma cidade filistéia) fazendo-se de louco. Nós sabemos que o salário do pecado é a morte, e foi exatamente isto que aconteceu. Davi reconheceu isto em 1º Samuel 22.22b dizendo: “Fui a causa da morte de todas as pessoas da casa de teu pai.”. E falou estas palavras a Abiatar (filho de Aimeleque). Mas quero chamar-lhe a atenção para este homem chamado Doegue, que estava “detido” na presença de Deus por encontrar-se por algum motivo impuro. O sacerdote Aimeleque ministrou santificação/purificação sobre Doegue. Depois de estar já purificado de sua impureza Doegue volta ao seu ofício junto a Saul. Doegue (tímido) não hesitou em denunciar a Saul que o sacerdote Aimeleque (aquele que o havia purificado) tinha ajudado Davi dando-lhe a espada que pertencia a Golias. Disse ainda que o sacerdote consultou a Deus a favor de Davi. Saul por conta desta informação mandou chamar Aimeleque e já avisou para que trouxessem sua família inteira junto… Deu a ordem para que seus soldados os matassem, e eles recusaram-se, mas o “tímido” Doegue (tímido para fazer o bem, mas um ativo traiçoeiro…) não hesitou. Matou Aimeleque o sacerdote (aquele que o havia purificado…) e toda sua família, totalizando 85 pessoas. Não bastasse isto, na cidade do sacerdote chamada “Nobe” matou homens, mulheres, meninos e crianças de peito, bois, jumentos e ovelhas… A pergunta é: “Como pode Doegue tão facilmente matar aquele que havia cuidado dele?”. Doegue foi atraído por sua cobiça, (2º Sm 22: 6-7). Saul dá a entender que aquele que denunciasse algo sobre Davi seria promovido, ganharia privilégios… Davi diz no Salmo 52: 7 que o erro de Doegue foi ter confiado em Saul. O reinado de Saul estava com os dias contados embora ele mesmo não soubesse. Já Davi disse: “Quanto a mim, porém, sou como a oliveira verdejante, na Casa de Deus; CONFIO NA MISERICÓRDIA DE DEUS para todo o sempre.” Salmo 52: 8. A grande diferença entre Doegue (tímido) e Davi (o amado) está na confiança que depositavam. Doegue confiava no rei, Davi por sua vez, confiava na misericórdia de Deus (Sl 118: 8-9). Davi disse: “… sou como a oliveira verdejante…”. Uma oliveira adulta pode produzir até 40kg de azeitonas ou 35lt de óleo por ano. Enquanto Davi “frutificava” Doegue caiu em ruínas…

Conclusão: Mesmo com um caráter tão reprovável como se mostrou Doegue, ele importou-se em cumprir o ritual de purificação. Isto nos mostra uma atitude religiosa e não um amor ao Senhor e seus preceitos. Devemos ser como Davi, consolidado em sua fé, e, em uma vida que frutifica por amor ao Senhor. Queridos discípulos, vocês são como Davi, como uma oliveira verdejante na casa do Senhor. Você é extremamente fértil, pois a unção de Deus está em ti. Você é como Davi, “o amado”, oliveira verdejante bem plantada! Confie sempre no Senhor, e não em circunstâncias aparentemente mais favoráveis ou atrativas. Como Davi, conquiste, frutifique, governe. Você “matará” os gigantes que tentarem se opor a ti. E a espada que era do gigante, passará para suas mãos. Que o Senhor te livre dos “Doegue’s” e te de Davi´s” em sua equipe.

Shalom!

Você foi abençoado através desta mensagem? Então entre em contato conosco, queremos ajudá-lo em sua caminhada com Cristo. Se você quiser contribuir com este ministério, entre no Projeto Isaias 54 (página inicial do site) e envie sua oferta.

Imprimir este Artigo

Categoria: Célula de discipulado

Publicado em 18 de novembro de 2009

Visualizado por 3.116 leitores

5 Comentários para “Doegue ou Davi, quem é você?”

  1. rosangela disse:

    precisamos,estudar e procurar a orientaçao do ESPIRITO SANTO DE DEUS, para nos ajudar a entender,pq nao e so ler e sim entender oq a palavra esta querendo nos falar e ensinar.

  2. joelson disse:

    deus te inspirou meu amado sem duvida tenho aprendido muito com a sua mensagem,deus te abençoe,

  3. MOISÉS disse:

    QUE BENÇÃO!!!!

  4. atila disse:

    este tema desta messagen foi uma benção pois aprendi muito e principal diferenciar muitos valores

  5. ronaldo costa disse:

    otima,palavra jamais ouvi uma mensagem com este tema.Deus continue abençoando.Fique na Paz do Senhor.

Envie seu Comentário

© 2014 - Igreja Batista Liberdade - Todos os direitos reservados

 

Desenvolvido por Evangelize com WP-2.7

Painel | Webmail